Voltar ao topo

Conheça os finalistas da 9ª edição do Prêmio Inovação da CNseg na categoria Processos e Tecnologia

Cerimônia de premiação acontece em 19 de dezembro, no Rio de Janeiro

16 de Dezembro de 2019 - Prêmios

Em 19 de dezembro, o Prêmio Antonio Carlos de Almeida Braga de Inovação em Seguros, organizado pela CNseg, chega à sua 9ª edição. Na cerimônia, serão reconhecidos os projetos inovadores em três categorias: Produtos e Serviços, Comunicação e Processos e Inovação. Ao todo, são 15 iniciativas, sendo cinco em cada uma das categorias listadas.

No vídeo, as finalistas da categoria Processos e Tecnologia explicam os aspectos inovadores dos seus projetos. Confira!

Conheça um pouco mais sobre os projetos finalistas na categoria Processos e Tecnologia

Projeto: VENDA DIGITAL

  • Autor: Bruno Costa Ferreira
  • Coautores: Área de Experiência do cliente, Comercial e Projetos e Processos
  • Empresa: Mongeral Aegon Seguros e Previdência

Resumo: As constantes mudanças que o mundo tem passado com a transformação digital levaram a Mongeral Aegon a buscar soluções para alcançar novos patamares de evolução no mercado. Surgiu a necessidade de ganharmos mais agilidade, escalabilidade e diminuir o esforço do corretor que trabalhava de forma analógica e suportado no dia a dia por processos ultrapassados. Assim surgiu o projeto Venda Digital. O objetivo da Venda Digital é traduzir o processo de venda atual (que utiliza formulários, guias e folders em papel) em uma solução digital simples, integrada e eficiente que melhore os processos internos, diminua o tempo de preenchimento de uma proposta (que antes gerava em média de 30 a 40 minutos) e agilize a implantação da proposta e o recebimento pelo cliente do seu certificado via e-mail.

Projeto:  NOVO MODELO DE PREVENÇÃO E COMBATE A FRAUDES

  • Autora: Mariza Campos Battaglia Trancho
  • Coautores: Daniel de Rosa - Gilliard Leal - Jorge Sodré
  • Empresa: Seguradora Líder DPVAT

Resumo: A partir do último trimestre de 2017, o projeto de estruturação de um novo modelo de Prevenção e Combate à Fraudes teve seu início na Seguradora Líder- DPVAT. Alicerçado por diretrizes definidas pela Companhia em seu plano Estratégico Corporativo, o novo modelo visa garantir que a administração da Seguradora Líder DPVAT disponha de meios mais eficientes de gerenciamento dos riscos de fraude em processos de indenização de sinistros do Seguro DPVAT, potencializando a sustentabilidade do produto, principalmente com foco no beneficiário. O projeto abrangeu uma nova gestão com profundo conhecimento técnico do tema e perfil influenciador; a internalização de atividade estratégica; a capacitação da equipe em perícia grafotécnica; a reformulação do processo e do fluxo de Prevenção e Combate à Fraude em sinistros administrativos e judiciais; a criação de uma célula de investigação de operações estruturadas para identificação de quadrilhas especializadas com notificação de crimes agrupadas e com foco em fraudes consumadas; a introdução de soluções tecnológicas de vanguarda; e diversas iniciativas para melhorar a comunicação com as áreas internas e órgãos externos parceiros. Trabalho com indicadores, foco no resultado, olhar para o cliente e para as pessoas e fazer mais com muito menos foram as premissas que definiram o trabalho dessa gestão. Neste sentido, a área de Prevenção e Combate à Fraudes da Seguradora Líder adotou novas estratégias, constituídas por três pilares principais: Prevenção, Detecção e Investigação. Antes, as estratégias estavam concentradas somente na Detecção.

Projeto: SOLICITAÇÃO MEDICAMENTOS

  • Autor: Paolo Antonio Lourenço Marini
  • Coautores: Amanda Claro, Bruna Koga, Daniel Alvares, Eliane Pereira, Eric Torres, Evandro Silva, Fernando Belém, Giuliana Ferrari, Karine Goulart, Larissa Nascimento, Nayanne Motta, Nilton Cardoso, Sheila dos Santos, Silvia MIneiro
  • Empresa: SulAmérica Seguros

Resumo: Sempre pensando na melhor experiência do segurado, a SulAmérica revisitou a jornada do paciente que faz uso de medicamentos oncológicos e identificou que para solicitar um medicamento especial (quimioterápicos de uso oral e imunobiológicos orais e subcutâneos) os quais a SulAmérica realiza a entrega, o beneficiário utilizava canais pouco práticos e, tão pouco, a informação sobre o status da sua solicitação estava disponível em tempo real. Com isso, a companhia começou a trabalhar uma forma para atingir a melhor experiência para o beneficiário que realiza tratamento com medicamentos especiais (quimioterápicos orais*, imunobiológicos orais e subcutâneos**) que estejam no ROL da ANS***, trazendo acolhimento, transparência, segurança e qualidade nos processos, desde a solicitação pelo próprio beneficiário ou médico até o recebimento do medicamento, bem como a sua renovação. Assim, a SulAmérica constituiu um SQUAD (Time multidisciplinar) para vivenciar a jornada destes segurados no momento em que eles precisam de acolhimento e agilidade para iniciar o tratamento.

Projeto: NOVA FUNCIONÁRIA DIGITAL: ANGEL

  • Autora: Angela de Sousa Hingel
  • Coautores: Andréa Vairo, Fagner Paixão, Hugo Castro e Welton Oliveira
  • Empresa: Prudential do Brasil

Resumo: A ideia do projeto da nova funcionária digital nasceu como uma possibilidade de permitir que os colaboradores da Diretoria de Operações pudessem ter um tempo maior para se dedicar a melhoria de processos, pesquisas e inovação, e que as tarefas mais operacionais, anteriormente executadas manualmente, ficassem a cargo da robô Angel. A Diretoria de Operações concentra uma grande quantidade de atividades operacionais necessárias ao ciclo de vida da apólice, desde o recebimento da proposta, análise de risco, emissão da apólice, manutenção e pagamento de benefício. Por este motivo é uma área com muitas possibilidades de atuação. O nome “Angel” foi escolhido por remeter à proteção e cuidado, propósito maior da Companhia e por ser de fácil pronúncia em vários idiomas tendo em vista que a Prudential Matriz é americana. Os funcionários a viram como um “anjo” que irá auxiliá-los nas tarefas do dia a dia. Para esta gestão de mudança, foi feita uma forte campanha de comunicação para apresentar e engajar o time de operações. Foram utilizados vídeos, totem com a identidade visual da robô para que eles pudessem tirar fotos e postar em redes sociais além de apresentações presenciais para os times. Angel terá muito trabalho pela frente e, sem dúvida, vai incrementar ainda mais a eficiência das nossas operações. Além da área de Operações, a expansão para a Companhia é real e já está ocorrendo. Áreas como CSC, Pagamentos, TI, entre outros, já estão ansiosos pela chegada dela! Toda a Companhia ganha!

Projeto: IA NA LOCALIZAÇÃO DE VEÍCULOS

  • Autor: Lucas Pittigliani Ferreira
  • Coautores: Consultor de Inovação
  • Empresa: Sompo Seguros

Resumo: Criação de uma plataforma de monitoramento de veículos com o objetivo de localizar e recuperar carros roubados e furtados, utilizando inteligência artificial e reconhecimento por imagem. Esta nova forma de localização e recuperação de veículos roubados/furtados resultará em uma maior eficiência operacional, trazendo assertividade e agilidade na localização dos carros assegurados pela Sompo.

 

 

CONTEÚDOS RELACIONADOS