Voltar ao topo

Em busca de mais efetividade na recuperação de pessoas privadas de liberdade

Instituto Ação Pela Paz participa de reunião mensal do Programa SEMEAR

08 de Julho de 2019 - Instituto Ação Pela Paz

Representantes do Instituto Ação Pela Paz participaram em 2 de julho da reunião mensal do Programa SEMEAR (Sistema Estadual de Métodos para Execução Penal e Adaptação Social do Recuperando) na sede do Palácio da Justiça de São Paulo.

Entre os assuntos tratados na reunião, destaque para três novas propostas: a inclusão da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico no projeto; a inclusão de iniciativas de fomento ao trabalho com estímulo ao atendimento da pessoa egressa do sistema prisional; e a possibilidade do retorno das atividades da Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (APAC) no Estado de São Paulo.

Oficializado a partir da promulgação do Termo de Cooperação Técnica nº 141/15 firmado entre o Tribunal de Justiça de São Paulo, a Secretaria da Administração Penitenciária e o Instituto Ação Pela Paz, o SEMEAR visa gerar mais efetividade na recuperação de pessoas privadas de liberdade e suas famílias. A partir da articulação com a sociedade civil, órgãos públicos e entidades parceiras, o SEMEAR contribui para a ressocialização de sentenciados que cumprem pena de prisão no Estado de São Paulo, com atividades educacionais e laborativas, bem como um conjunto de ações articuladas para melhor aparelhar o cumprimento da pena, permitindo o funcionamento de estruturas que ofereçam opções de trabalho e ensino para o recuperando, de forma a evitar a reincidência e seu reingresso no sistema carcerário.

O Instituto Ação Pela Paz apoia o poder público e sociedade civil em iniciativas como capacitação profissional e geração de renda para pessoas privadas de liberdade e egressos prisionais, visando diminuir a reincidência criminal e conta com o apoio institucional da CNseg.