Voltar ao topo

Mercado de seguros cibernéticos continua a crescer, segundo relatório Cyber Insurance Trends da Marsh

Leia esta e outras notícias no último Boletim GFIA

29 de Abril de 2019 - GFIA

 

Boletim de Monitoramento | 16 de abril de 2019

Entre as matérias desta edição do Boletim GFIA, o presidente da CNseg, Marcio Coriolano, chama atenção para a produzida pela Insurance Business Magazine sobre relatório anual da Cyber Insurance Trends da Marsh apontando que o mercado de seguros cibernéticos continua a crescer. Segundo ele, “embora já existam números fortes que comprovam o impacto dos  crimes cibernéticos nas operações das empresas aqui no Brasil, ainda há muitas organizações e pessoas que desconhecem os benefícios dos seguros cibernéticos. A conscientização das organizações de que é possível estar protegido contra ataques cibernéticos é fundamental para  a blindagem das operações e para garantia da continuidade dos negócios em geral”.

Sobre a GFIA

A Federação Global de Associações de Seguros (GFIA, na sigla em inglês) é uma associação sem fins lucrativos criada para representar as associações de seguros nacionais e regionais que atendam aos interesses gerais das empresas de seguro de Vida, Saúde, Seguros Gerais e Resseguro. A instituição tem como objetivo fazer representações aos governos nacionais, reguladores internacionais e outros em nome do mercado segurador mundial. Com 40 instituições associadas, entre elas a CNseg, a GFIA representa cerca de 87% do total de produção de prêmio de seguros no mundo.

Semanalmente, a GFIA distribui aos seus membros um Boletim com um compilado de consultas, publicações e notícias com o objetivo de contribuir para um diálogo internacional sobre questões de interesse comum do mercado segurador.

Para mais informações sobre a GFIA, acesse seu site institucional: www.gfiainsurance.org/en/.

Consultas e Publicações Recentes

  • No dia 9 de abril, o Conselho de Estabilidade Financeira (FSB) publicou uma carta de seu presidente, Randal K. Quarles, enviada aos ministros das finanças e aos presidentes dos bancos centrais do G20 antes da reunião em Washington para atualizar o trabalho do FSB e discutir as vulnerabilidades atuais no sistema financeiro.
  • Em 10 de abril, o FSB publicou declarações de seu presidente, Randal K. Quarles, que foram entregues na mesa redonda do FSB sobre a reforma dos principais pontos de referência da taxa de juros.
  • Em 10 de abril, o FMI publicou o relatório “Monitor Fiscal: Contendo a Corrupção”.
  • No dia 11 de abril, a Organização Mundial do Comércio (OMC) publicou um discurso de seu Diretor-Geral, Roberto Azevêdo, sobre o sistema de comércio baseado em regras.
  • Em 11 de abril, o FMI publicou a transcrição de sua Diretora Executiva, Christine Lagarde, abrindo a conferência de imprensa, que ela entregou nas Reuniões da Primavera de 2019.
  • No dia 12 de abril, os ministros da Força-Tarefa Financeira (GAFI) concordaram com um mandato aberto para o GAFI e seu papel de ação global para combater a lavagem de dinheiro, o financiamento do terrorismo e o financiamento da proliferação de armas de destruição em massa.
  • Em 12 de abril, a OCDE publicou seu painel de avaliação “Financiamento de PMEs e Empreendedores 2019”.
  • No dia 13 de abril, o FMI publicou em seu blog o texto realizado pelo seu primeiro vice-Diretor-Gerente, David Lipton, sobre o aumento do crescimento através da diversidade na liderança financeira.
  • No dia 16 de abril, a Associação Internacional de Supervisores de Seguros (IAIS) publicou a agenda do 12º Seminário Global Anual em Buenos Aires, Argentina, que acontecerá nos dias 13 e 14 de junho.

 

 Recortes de Imprensa

 

GFIA na Mídia

Ferma se preocupa com o padrão de seguro cibernético ISO 'inapropriado' e 'prematuro' (Commercial Risk Europe - Registre-se gratuitamente para ler este artigo) Ferma está preocupada com uma norma ISO proposta para seguro cibernético que visa padronizar a cobertura e fornecer diretrizes para profissionais de TI querendo transferir o risco ...

Tecnologia

Orçamentos antifraude de seguradoras em alta (Digital Insurance) As abordagens antifraude das seguradoras estão amadurecendo, de acordo com o último estudo bienal da Coalition Against Insurance Fraud e da SAS…

Os trabalhadores estão ficando móveis. O acesso deles à analytics precisa acompanhar (Digital Insurance) O mundo dos negócios está cada vez mais móvel e, se as organizações não fornecerem acesso fácil aos recursos de análise de dados para usuários móveis, elas podem estar perdendo grandes oportunidades…

Marsh revela como o mercado de seguros cibernéticos está surgindo (Insurance Business Magazine) O mercado de seguros cibernéticos continua a crescer, de acordo com o relatório anual da Cyber Insurance Trends da Marsh. O relatório analisou as mudanças na compra de seguro cibernético, os limites das apólices e os preços em 2018 e nos últimos anos ...

Dominando a era 'pós-digital' no seguro (Digital Insurance) O seguro está entrando em uma "era pós-digital", onde as capacidades tecnológicas serão vistas como apostas e parcerias na mesa se tornarão um diferencial ...

A preocupação aumenta com o uso de exclusões de guerra para sinistros cibernéticos (Commercial Risk Europe - Registre-se gratuitamente para ler este artigo) Uma série de disputas de cobertura, incluindo a recente revelação de que a Merck está processando suas seguradoras de propriedade sobre as perdas NotPetya, levantaram questões sobre a aplicabilidade de exclusões de guerra e a capacidade de…

O papel da Chatbots no serviço de seguros (Digital Insurance) As seguradoras estão sob crescente pressão para oferecer uma experiência de serviço ao cliente simples e sem atrito. Tecnologia de conversação como chatbots estão se tornando canais suplementares atraentes para seguradoras como resultado…

A tecnologia é realmente a 'bala de prata' para o atendimento ao cliente? (Insurance Business Magazine) Em nosso mundo tecnologicamente dependente, a insurtech é frequentemente saudada como o movimento mais importante para o setor de seguros para saltar para…

Trabalhadores da Amazon estão ouvindo o que você diz a Alexa (Bloomberg) Uma equipe global analisa clipes de áudio em um esforço para ajudar o assistente ativado por voz a responder aos comandos…

Macroeconomia e Resseguro

Regulador indiano mantém taxa de cessão obrigatória de 5% para a GIC Re (Reinsurance News) A porcentagem de negócios que as seguradoras de Seguros Gerais na Índia têm de ceder à companhia nacional de resseguros do país, General Insurance Corporation of India (GIC Re), para 2019-2020, permaneceu em 5%, de acordo com uma notificação do Insurance…

Irdai pondera oferecer modo de parcelamento de indenização de sinistro para determinadas apólices (The Economic Times da Índia) Irdai quer mudar o conceito de liquidação em seguros de saúde pessoais e baseados em benefícios…

Regulador de pensões irá enquadrar as regras do IDE (Asia Insurance Review) A Autoridade de Regulamentação e Desenvolvimento do Fundo de Pensões (PFRDA) vai emitir orientações sobre o investimento estrangeiro direto (IDE) no setor, afirmou o presidente da agência, Hemant Contractor...

Seguradoras encorajadas a adotar análises preditivas (Asia Insurance Review) O setor de seguros indiano precisa adotar a análise preditiva para lidar com os riscos advindos dos sinistros prematuros, não importa quão pequena seja a margem, diz Jasjeet Singh, sócio, e Jayesh Raj, gerente sênior de Serviços Financeiros Assessoria Analítica na firma de serviços profissionais EY…

Os filipinos têm a menor poupança para a aposentadoria na Ásia (Ásia Insurance Review) A maioria dos filipinos não se prepara para a aposentadoria, conforme indicado por entrevistados de uma pesquisa feita pela Manulife, que só tem poupança média para durar 3,6 meses, a menor entre os oito mercados da Ásia ...

As resseguradoras não têm escolha senão ser criativas: Aditya, RenRe (Reinsurance News) A evolução da estrutura de capital força as resseguradoras a serem inovadoras e criativas, e é uma das mudanças mais fundamentais e permanentes da indústria nas últimas três décadas, segundo para Aditya Dutt, presidente da Renaissance Underwriting Managers…

Outros

Reapreciação a curto prazo das alterações climáticas “pode adicionar ou tirar 3%” das carteiras  (Investment and Pensions Europe) A maior sensibilidade do mercado para os impactos das alterações climáticas pode adicionar até 3% aos retornos dos investidores em “menos de um ano”, de acordo com relatório da Mercer…

Os riscos secundários responsáveis pelo aumento da devastação em catástrofes - Swiss Re (Resinurance News) Os riscos secundários serão responsáveis por mais e mais devastação catástrofe no futuro, de acordo com um relatório do Instituto da Swiss Re…

 

CONTEÚDOS RELACIONADOS